Resenha: Os Goonies – James Kahn

Fala galera, estávamos sumidos não é? Como a Laís explicou no post anterior (clique aqui para ver), nós nos casamos \0/\0/\0/\0/\0/\0/\0/\0/\0/\0/ e por isso ficamos um tempinho longe do blog.

Agora que o casamento já passou e reativamos as atividades no blog, vamos a resenha.

Juramento Goony: Eu jamais trairei meus amigos das Docas Goon | Juntos ficaremos até o mundo inteiro acabar | No céu e no inferno e na guerra nuclear | Grudados feito piche, como bons amigos iremos ficar | No campo ou na cidade, na floresta, onde for | Eu me declaro um companheiro Goony | Pra sempre, sem temor.

goony_1O meu negócio é a aventura, mesmo que ela seja em geral bem difícil de se encontrar em um porcaria de cidadezinha como esta.

O livro da vez, traz consigo uma boa dose de nostalgia, pelo menos pra mim e acredito que também para aqueles que nasceram na década de 1980 e início da década 1990. Os Goonies, foi escrito por James Kahn, baseada no famoso filme homônimo criado por Steven Spielberg, que fez grande sucesso na época. James Kahn é um médico e escritor norte-americano, nascido em 1947 na cidade de Chicago, no estado de Illinois. Kahn é famoso por escrever novelizações, espera aí, mas o que é novelizações? Realmente galera, tive que pesquisar, pois realmente não sabia do que se tratava. Segundo nosso grande amigo Wikipedia, novelizações (em inglês novelizations) é uma novela ou obra derivada de uma outra obra já existente e exibida por um outro meio, como filme, séries de TV, games e etc. Dentre algumas obras do autor, estão a adaptação de Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi, Indiana Jones e o Templo da Perdição, além das colaborações em séries como Star Trek: Nova Geração, Xena e Plantão Médico.

goony_2Eu não posso acreditar que algo tão legal assim esteja na sua casa.

Como eu disse, fui uma dessas crianças que se apaixonou pela aventura vivida pelos garotos das Docas Goon. Apesar deste livro já ser bem antigo, publicado em 1985 pela Warner Books, somente tomei conhecimento de sua existência a pouco, em uma promoção do site Submarino, da maravilhosa edição comemorativa de 30 anos da obra, que vem com o selo da Editora Darkside. O livro vem em capa dura, com um design bem legal e um mapa no estilo pôster, bem maneiro.

Tomado por um sentimento de nostalgia arrebatador, decidi comprar e priorizar este livro em minha lista de leitura que não é nada pequena.

O livro, a exemplo do filme, conta a história de um grupo de amigos que se auto intitularam “Os Goonies”. Esse grupo de garotos se veem diante de uma situação que pode separa-los e os fazer perderem suas casas e sua amada Doca Goon. O Country Club Hillside, lugar frequentado por gente em sua maioria esnobe e granfina, está prestes a se apropriar dos imóveis localizados na região para a construção de seu novo campo de golfe.

Ameaçados pela possiblidade de perderem o seu lar e serem afastados de seus amigos, os irmãos Mikey e Brand, junto com Bocão, Dado e Gordo, descobrem o que poderia ser a solução para manterem suas casas. Eles encontram no sótão da casa de Mikey, em meio aos documentos antigos de seu pai, um mapa de um possível tesouro, a muito escondido na região costeira de Astoria pelo pirata Willy Caolho. Tomados pelo desejo de manterem-se unidos e pela possibilidade de uma incrível aventura, os cinco partem em busca do tesouro pirata. No decorrer da história Andy, que ensaiava um romance com Brand e pela qual Mikey era apaixonado, e Stef, garota descolada e divertida que vivia trocando provocações com bocão se juntam aos garotos Goonies nessa aventura.

Nesta busca ao tesouro, além de enfrentarem os perigos de antigos tuneis desabando, rios subterrâneos e armadilhas piratas, eles também têm pela frente a gangue dos Fratelli, uma família de criminosos, procurados pela polícia por diversos crimes, inclusive assassinato e que ainda tinha um membro aparentemente assustador.

goony_4E à sua esquerda, sentado à cabeceira da mesa, presidindo esta festa sangrenta, sem sangue há três séculos, sorrindo, com uma taça de prata na mão direita e um tapa-olho de couro preto sobre o olho esquerdo, estava… Willy Caolho.

O livro além de ser uma incrível aventura a lá anos 80, traz consigo uma grande história de amizade, união e perseverança de sete crianças que não desistiram de lutar pelo que queriam.

A história tem algumas referências ao universo Nerd, além dos próprios personagens terem cada um à sua maneira um jeitinho Nerd de ser.

Gostei bastante! A exemplo do filme, a aventura tem uma pegada bastante juvenil, que te prende com uma sensação gostosa de sempre querer mais.

Recomendo para aqueles que como eu, tiveram essa história como parte de sua infância e também para aqueles que gostam de histórias de amizade e aventura numa linha mais juvenil.

Bom galera, espero que tenham gostado e até a próxima.

Deixem seus comentários e compartilhem o post e suas redes sociais.

 Nota: 7/10

Ficha Técnica

 Título: Os Goonies
 Título Original: The Goonies
 Autor: James Kahn
 Tradução: Cecilia Giannetti
 Editora: DarkSide®
 ISBN: 978-85-66222-02-9
 Lançamento: 1985
 Lançamento Nacional: 2012
 Páginas: 240
 Gênero:  Aventura \ Ação

 

 

Compre seu livro no Submarino!

Marcus

4 thoughts to “Resenha: Os Goonies – James Kahn”

  1. A Darkside sempre faz um trabalho lindo na edição dos livros. Não tem como não se encantar!
    Eu não conhecia a história dos Goonies (apesar de ter nascido nos anos 90), mas agora já quero comprar esse livro. Ai Odin! Me identifiquei com a parte do “minha lista de leitura que não é nada pequena”. hahaha
    Adorei a resenha =)

    1. Essa Darkside quer tomar todo o meu dinheiro Lívia. Já estou namorando minha futura aquisição da editora, A Trilogia dos Espinhos do Mark Lawrence, espero em breve poder compra-los, mas com tantos livros pra ler, não posso me dar ao luxo, kkkk. A história dos Goonies é muito legal, talvez hoje seja um tipo de aventura um pouco ultrapassada pra nova geração de filmes e tal, mas pra mim é com certeza um clássico da década de 80. Recomendo dar uma olhadinha no filme primeiro, pois se você gostar do filme, com certeza vai amar o livro.

      1. Nossa Marcus! Nem me fale! Eu também tô de olho no livro do exterminador do futuro que a editora lançou.
        Pela resenha que você fez dos Goonies eu achei bem semelhante à história do filme “Conta Comigo”, lançado em 89. Adoro histórias desse tipo, fiquei automaticamente interessada nesse livro. Mas vou procurar o filme também!

Comentários fechados.